Wednesday, 03 de June de 2020

SAÚDE


Sesau

Funcionando 24 horas, urgência e emergência do HGP prioriza atendimento humanizado

10 Feb 2015

O serviço de urgência e emergência do Pronto Socorro do Hospital Geral de Palmas (HGP) funciona em regime de plantão permanente, atendendo pacientes conforme a gravidade do caso, como aponta o Protocolo de Classificação de Risco.

Sempre com vistas na melhoria do serviço oferecido, o Estado vem priorizando um atendimento humanizado e trabalhando no aprimoramento dos processos de saúde, aliados a qualificação da equipe multiprofissional para atender as necessidades da população.
 
O HGP atende diariamente centenas de pacientes. No ano de 2014 foram realizados mais de 27 mil atendimentos na urgência/emergência do hospital, só no mês de janeiro deste ano já foram 2.691. Esses atendimentos são realizados diretamente as pessoas que chegam à unidade por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Corpo de Bombeiros, em ambulâncias das Unidades de Pronto Atendimento (UPA), vindos de unidades hospitalares intermunicipais ou por demanda espontânea.

Dona Dejanira Mendes, de 55 anos, foi uma das pacientes que chegou ao hospital e contou que o atendimento do Pronto Socorro. "Desde a hora que dei entrada na unidade estou sendo bem alimentada e bem tratada pela equipe do hospital", contou satisfeita.

De acordo com o novo coordenador do Pronto Socorro, o médico Orestes Sanches Junior, tendo em vista a grande demanda e a melhoria da qualidade no serviço oferecido, o HGP está passando por adequações. "São protocolos e padrões que teremos que seguir visando a otimização e aprimoramento da estrutura existente, tudo com base em modelos já estruturados e funcionando em hospitais de ponta do Brasil", explica. O médico ainda lembra que tudo o que é feito no serviço de urgência/emergência, desde a logística até os treinamentos, é baseado na estrutura funcional do Programa SOS Emergência.

Programa SOS Emergências
Implantado no HGP, o Programa SOS Emergência, do Ministério da Saúde, trouxe ações estratégicas para qualificar a gestão, ampliar o acesso aos usuários em situação de urgência e garantir atendimento ágil e humanizado.
O Pronto Socorro da unidade realizou diagnóstico das necessidades e problemas do serviço de urgência, propondo ações de melhorias para os apontamentos, readequação estrutural e do perfil de atendimento para o enfrentamento da crescente demanda de pacientes.

A coordenadora da enfermagem do PS, enfermeira Karlla Luz, ressalta que o programa veio para organizar as ações de melhoria estrutural e assistencial do paciente. "Temos a perspectiva que este ano consigamos efetivar o planejamento e manter as ações já executadas, com empenho e apoio da gestão, da equipe e dos recursos materiais para que possamos continuar a colher os bons frutos", informou.
 
Acolhimento com classificação de risco
O Protocolo de Classificação de Risco é um mecanismo implantado para melhor atender o serviço de urgência/emergência do Pronto Socorro da unidade, no qual se exige rapidez na proporção da gravidade. Para isto é feita a classificação por meio das cores: vermelho, laranja, amarelo, verde e azul.

Assim, o vermelho significa emergência (casos muito graves com risco de perder a vida-atendimento imediato - 0 minuto), o laranja significa muita urgência (risco potencial de perder a vida- atendimento em até 10 minutos), o amarelo significa urgência (necessidade de atendimento rápido-em até 60 minutos), o verde, pouca urgência (casos de atendimento prioritário nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Programa de Saúde da Família (PSF)-em até 120 minutos), já o azul significa não urgência (casos de atendimento prioritário nas UPAs e PSFs- em até 240 minutos).

COMPARTILHE:


Confira também:


Operação Polícia Federal

Polícia Federal investiga fraudes em contratos públicos firmados para aquisição de máscaras de proteção facial

O nome da Operação “Personale”, que em italiano significa “pessoal”, faz alusão ao interesse pessoal de alguns em detrimento ao interesse público. Além disso, o vocábulo “persona” em latim originalmente significava máscara.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira