Sunday, 18 de February de 2018

Sunday, 18 de February de 2018

SAÚDE


Palmas

Médicas da rede de saúde pública de Palmas recebem título de hansenólogas

17 Nov 2017

Redação Semus

O Sistema Único de Saúde (SUS) de Palmas conta agora com três hansenólogas: a médica de saúde da família Seyna Ueno Rabelo e as dermatologistas Juliana Diniz Oliveira do Valle e Ediane Figueira Aguiar. Elas obtiveram o título ao serem aprovadas no "Exame de Suficiência para a obtenção do Certificado na Área de Atuação em Hansenologia", cuja prova foi realizada no último dia 8 de novembro, durante o 14º Congresso Brasileiro de Hansenologia, em Belém (PA). O exame é promovido pela Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH) e pela Associação Médica Brasileira (AMB).
 
O título é uma subespecialidade médica que pode ser concedida a profissionais médicos das áreas de Dermatologia, Clínica Médica, Infectologia, Neurologia, Medicina de Família e Comunidade e Medicina Preventiva e Social, que tenham feito curso de hansenologia por no mínimo um ano e atuado na mesma área por dois anos.
 
A médica de saúde da família que atua no Centro de Saúde da Comunidade Laurides Milhomem, no Jardim Aureny III, considera a conquista um avanço para Palmas e o Tocantins. "É um avanço muito grande porque é uma doença negligenciada e podemos aumentar as capacitações e talvez desenvolver futuramente uma especialização nessa área de Hansenologia. Palmas tem hoje o programa Palmas Livre da Hanseníase que conta com o hansenólogo Jaison Barreto, que vem capacitar os médicos dos centros de saúde e agora Palmas passa a ter mais três médicas daqui que podem contribuir ainda mais", avalia a médica Seyna Ueno.
 
O exame consistiu em prova teórica, teórica-prática e análise curricular. A dermatologista Juliana do Valle que atua no Ambulatório Municipal de Atenção à Saúde Dr. Eduardo Medrado, foi aprovada em primeiro lugar.  "A prova de título de especialista em Hansenologia tem como objetivo aferir a elevada qualificação técnica dos médicos que atuam no diagnóstico e tratamento dos pacientes com hanseníase. A submissão de médicos de Palmas ao exame e a obtenção do primeiro lugar na prova, demonstra a dedicação e constante aprimoramento dos profissionais de saúde no atendimento de qualidade aos pacientes do SUS", destaca Juliana.
 
A dermatologista Ediane Figueira, que atua no Centro de Atenção à Saúde de Taquaralto, já possui mestrado em "Ciências da saúde em Hanseníase" pela Universidade de Brasília (UnB). "Resolvi fazer o mestrado no intuito de saber um pouco mais sobre a doença e contribuir para resolução dos casos. Em relação ao título em Hansenologia, penso ser uma forma de certificação para dizer eu abraço essa causa: Brasil livre de hanseníase. Devemos lutar por promoções em saúde e como médica dar continuidade no que acredito hoje que é o atendimento voltado ao paciente, contemplando as suas reais necessidades e levando saúde e bem-estar na sua plenitude. Tenho a certeza que não existe contribuição maior ao SUS do que trabalhar com paixão em prol do seu paciente", resume.
 
Palmas Livre da Hanseníase

Desde o ano passado, profissionais da saúde de Palmas são capacitados para realizar diagnóstico mais profundo e preciso da Hanseníase. O treinamento faz parte do programa "Palmas Livre da Hanseníase", que tem como consultor o médico especialista em Hanseníase, Jaison Barreto, do Instituto Lauro de Souza Lima (Bauru - SP). São capacitados médicos (clínicos e dermatologistas), enfermeiros, fisioterapeutas e dentistas.
 
Anteriormente a média de casos anuais era em torno de 100 a 150, após o treinamento, Palmas fechou o ano de 2016 com mais de 700 casos. O modelo de enfrentamento à doença adotado em Palmas, agora está sendo adotado em outros 20 municípios de seis estados brasileiros com recursos da Fundação Nippon (Japão) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). 

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

1

PARABÉNS!
PARABÉNS!

1

BOM
BOM

2

AMEI!
AMEI!

2

KKKK
KKKK

1

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

3

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

2

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Palmas

Prefeitura não cobrará mais taxa de revisão de IPTU

Zini reafirmou que a Prefeitura está à disposição dos contribuintes que observarem eventuais divergências de valores do imposto.

Amastha

Em vídeo, Amastha detalha descontos do IPTU, reforça diálogo e faz apelo a servidores

Prefeito da Capital reforça que gestão está aberta para atender a contribuintes que observarem eventuais distorções no valor venal do imóvel, base de cálculo do imposto


Ciência & Tecnologia

Aspectos centrais sobre TI na Gestão Institucional - Parte 7

Por Daniel Nascimento-e-Silva*


Palmas

Amastha prestigia abertura de empreendimento que investiu meio milhão de reais em Palmas

O empresário Daniel Oliveira, um dos sócios do Wings, afirmou que o planejamento para a instalação do estabelecimento começou há um ano e meio e há oito meses começou a implantação


Tocantins

Projetos sociais desenvolvidos nas unidades prisionais do Tocantins transformam vidas de detentos


Palmas

Prefeita em exercício entrega chave da cidade para presidente do Comadec


Ataídes

Em reunião com trabalhadores rurais, Ataídes concluiu programação no Bico do Papagaio, nessa quinta


Brasil

Deputados do Tocantins são homenageados por vereadores de todo Brasil


Câmara

Líderes de Câmaras Municipais de todo o país são recebidos na Câmara de Palmas


Irrigação

O que é irrigação inteligente?



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira