Sunday, 31 de May de 2020

SAÚDE


Estado

Para garantir segurança a funcionários e pacientes, governo investe em controle de acesso nos hospitais

12 Feb 2015

O ambiente hospitalar é local de grande circulação de pessoas e para garantir a segurança de funcionários e pacientes, o governo do Estado está investindo no controle de acesso das unidades hospitalares.  A iniciativa visa à administração das portarias, com sistema de segurança que evite riscos diversos e melhore o fluxo de entrada.

O primeiro passo rumo à automatização foi dado com treinamento dos agentes de portaria do  Hospital Infantil  de Palmas (HIP) e do Hospital Geral de Palmas (HGP) com objetivo de deixá-los aptos a manusear o sistema de acesso. Os colaboradores foram divididos em três turmas que participaram de aulas teóricas e práticas.  Segundo o instrutor Franciel dos Santos, os funcionários das portarias estão sendo capacitados para aprender a usar o equipamento de identificação. "Neste treinamento eles aprendem a cadastrar os servidores e receberam informações sobre o acesso de visitantes", informa.

Fernanda Souza, agente de portaria do HIP, participou do treinamento e informou que a ação vai contribuir para o melhor exercício de suas atividades. "Algumas pessoas costumam não respeitar as normas de entrada do hospital, e com as catracas esperamos ter um controle maior", destacou.

A responsável pelas portarias do HGP, Valdirene Avelino Silva, que também participou do treinamento juntamente com sua equipe, ressaltou que o controle de acesso será muito importante para a unidade hospitalar. "O sistema vai minimizar a entrada de pessoas não autorizadas", comemorou.

Identificação dos funcionários
O controle de acesso será implementado primeiramente no Hospital Infantil. Já na próxima semana será iniciada a fase da coleta de digitais. De acordo com o diretor de Tecnologia da Informação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Adams Gregório, na unidade devem ser cadastrados 450 servidores. "Logo após finalizarmos os cadastros no HIP, um processo semelhante ocorrerá no Hospital Geral. Lá, 2.200 funcionários serão cadastrados", informou. No HGP, são onze catracas eletrônicas nas principais entradas e saídas.

O secretário de Estado da Saúde, Samuel Bonilha, reforçou que é uma preocupação do governo a segurança nos hospitais públicos. "Nós estamos trabalhando para garantir a segurança não só dos pacientes, como também de funcionários e visitantes, e nossa meta é que esse sistema seja instalado gradativamente em outras unidades hospitalares do Estado", destacou.

Acesso de visitantes
Assim que o sistema estiver em funcionamento, os visitantes devem apresentar um documento oficial com foto para realizar o cadastro de acesso. Uma vez feito, o cadastro é permanente e nas próximas visitas será necessário apenas a apresentação de um documento de identificação.

COMPARTILHE:


Confira também:


COVID-19

Tocantins contabiliza 4.176 casos, com 2.769 pacientes em isolamento

No total, já são 73 pacientes que foram a óbito

Pioneira

Luto na Comunicação Tocantinense: jornalista Kibb Barreto morre aos 53 anos

A jornalista foi pioneira de Palmas, e chegou ao Tocantins, vinda de Goiânia, sua terra natal, ainda quando a capital estava provisoriamente em Miracema.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira