Sunday, 22 de September de 2019

SAÚDE


Palmas

Projeto aconchego acolhe e leva tranquilidade aos acompanhantes na UTI do HGP

23 Feb 2019    00:26    alterado em 23/02 às 00:26
Luciana Barros Projeto aconchego acolhe e leva tranquilidade aos acompanhantes na UTI do HGP

Acolher com atenção e carinho,   levar uma palavra amiga e informações a familiares de pacientes da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto do Hospital Geral de Palmas (HGP), são alguns benefícios de um trabalho especial desenvolvido pelo Projeto Aconchego. O Grupo  conta com a participação da equipe multiprofissional da  Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de profissionais de outros setores.  O projeto existe desde 2013 e já realizou até agora mais de 1.200 encontros, sempre acolhendo familiares conforme a Política de Humanização do Sistema Único de Saúde (SUS).
“Nós observamos que quando a família é orientada e conhece  o trabalho dos profissionais da UTI acaba criando um laço afetivo. O Projeto Aconchego  se transformou em um  momento fraternal, com a interação que se estende à  outras famílias que passam pela mesma situação", explicou a psicóloga que atua há sete anos na UTI, Júnia Cristina Gomes.

A psicóloga acrescenta ainda que ''no projeto Aconchego não focamos nos diagnósticos individuais do paciente e sim em um espaço em grupo. O familiar  quando chega está num estado emocional de muito sofrimento e dor e ao  passar os dias ele vai sofrendo menos e focando no que precisa ser feito e assim contribui com a nossa equipe multiprofissional durante o tratamento do paciente.  É interessante ressaltar que quando pensamos em iniciar este  projeto o nosso objetivo era apenas ajudar as famílias dos pacientes,  nós não sabíamos o quanto este trabalho faria a diferença para eles. É gratificante!”, disse entusiasmada.

Familiares que participam do projeto se sentem acolhidos e com confiança no tratamento realizado. Clarice de Souza foi visitar o pai, internado na UTI e relatou que o pai “está bem cuidado, os profissionais são muito bons”. Brenda Fortaleza, que está com mãe internada, descreve que os participantes do projeto viram uma família.  “Todo mundo se ajuda, um acompanhante se preocupa com outro, um vai acalmando o outro. Aqui me sinto acolhida”, declarou Brenda.

A acompanhante Lisanete Machado Lima, também participou do projeto quando seu esposo estava internado na UTI, vítima de acidente de trânsito. “Cheguei aqui, recebi total apoio da equipe multiprofissional e comecei a participar do Projeto Aconchego. É um espaço importante onde familiares recebem informações dos profissionais. Tive a oportunidade de interagir com outros acompanhantes  que chegaram na UTI. Eu estava sozinha longe da família e de casa. O projeto foi meu chão!”, destacou.

Sobre UTI
A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral de Palmas (HGP) atende pacientes críticos em estado grave e com risco de morte, de todas as especialidades médicas, desde pneumonias graves à paciente politraumatizado.

COMPARTILHE:


Confira também:


Assembleia

Deputados debatem novo projeto do marco regulatório do saneamento básico

A audiência contou também com a presença de Juliana Marques, presidente da Agência Tocantinense de Regulação (ATR), e Thadeu Pinto, presidente da BRK.

CPI

DPE-TO vai informar dados de reclamações à CPI em Gurupi sobre BRK Ambiental

Comissão da Câmara de Vereadores de Gurupi solicitou apoio informativo para fundamentar relatório sobre suposta má-prestação de serviço pela BRK Ambiental




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira