Friday, 22 de February de 2019

VIVER


Mundo

BBC World News estreia documentário sobre os últimos cinco anos da crise no Brasil

11 Jan 2019    17:14    alterado em 11/01 às 17:14
BBC World News estreia documentário sobre os últimos cinco anos da crise no Brasil

A BBC World News começa a exibir em todo o mundo, a partir deste sábado (12), um documentário sobre os últimos cinco anos da crise brasileira. Chamado “What Happened to Brazil... (O Que Aconteceu com o Brasil...), o documentário é uma série com três capítulos de 23 minutos. O nome do primeiro episódio é “The Dream Dies” (O Fim do Sonho). O do segundo, “Carwash and ‘the coup’” (A Lava Jato e ‘o golpe’). O terceiro: “Divided Nation” (Nação Dividida).

O documentário cobre o período que vai de junho de 2013, quando começaram as manifestações de rua no Brasil, até a eleição e posse de Jair Bolsonaro. Aborda as chamadas jornadas de junho e julho de 2013, a eleição presidencial de 2014, o processo de impeachment, todo o tempo da Operação Lava Jato até a ida de Sergio Moro para o Ministério da Justiça, a greve dos caminhoneiros, o assassinato de Marielle Franco, a intervenção militar no Rio de Janeiro, o governo Temer, a prisão de Lula, as fake news que dominaram as eleições e a vitória de Bolsonaro.
 
Foram entrevistados quatro ex-presidentes: Fernando Henrique Cardoso, Lula, Dilma e Temer. Lula respondeu por carta, porque o documentário não obteve autorização da Justiça para entrevistá-lo em Curitiba. O pedido foi feito depois da eleição, negado pela juíza de primeira instância e encaminhado ao STF (Supremo Tribunal Federal), que ainda não se manifestou.

Personagens centrais, o ministro Ricardo Lewandowski, presidente do STF na época do impeachment, e o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot também concederam entrevistas. Foram ouvidos ainda cidadãos que viveram a crise dos últimos cinco anos. Bolsonaro e Moro foram convidados a dar entrevistas, mas recusaram. Moro respondeu por escrito à carta de Lula.

O documentário foi produzido pela K.doc, empresa de audiovisual do jornalista Kennedy Alencar, para a BBC World News. A RedeTV! participou como casa produtora e cedeu imagens de arquivos. “Nos últimos cinco anos, cobri como repórter e comentarista esses fatos que mudaram a história do Brasil. Senti necessidade de fazer uma reflexão mais profunda sobre esse período, sem a correria do dia a dia. A ascensão da extrema-direita não veio do nada. Tem tudo a ver com as manifestações de 2013, com o impeachment de Dilma, com o impacto da Lava Jato sobre o prestígio dos políticos e partidos tradicionais e com a forma como a opinião pública reagiu à exposição inédita da corrupção endêmica entre o poder público e o empresariado”, disse o jornalista Kennedy Alencar, idealizador do projeto.
 
A série tem supervisão editorial da BBC. Kennedy Alencar fez a reportagem, as entrevistas e atuou como produtor executivo. A jornalista Daniela Martins fez a direção de produção. No time inglês, o produtor da série é John Thynne. O produtor executivo é Dan Kelly. Ambos da BBC. O roteiro original é de Kennedy Alencar e Daniela Martins. O roteiro final foi feito a quatro mãos: Dan Kelly, Daniela Martins, John Thynne e Kennedy Alencar. Américo Martins, diretor da BBC para as Américas e a Europa, foi o responsável pela parceria entre a K.doc e a BBC World News.

“Para o público brasileiro, é um convite a refletir sobre os acontecimentos recentes da história do país, que radicalizaram a opinião pública e nos trouxeram até o momento atual. O Brasil despontou no cenário mundial como uma potência e tudo se esfacelou em menos de uma década. No exterior, muita gente não entendeu nada. O país perdeu a sua relevância para o resto do mundo e ficou prisioneiro de um enredo interno de crise econômica e instabilidade política. Compreender o que aconteceu me parece fundamental para evitar o aprofundamento da crise e um retrocesso civilizatório”, disse Kennedy Alencar, comentarista da rádio CBN e autor do “Blog do Kennedy”.

Serviço
Onde assistir: 172 da Sky | 202 da NET e 410 (satélite) | 62 (cabo) da Vivo TV.
Estreia no Brasil: 0h30 deste sábado 12/01, com reprise às 6h30. O episódio 1 será reprisado às 12h30 e 19h30 de domingo (13/01). Na segunda, 14/01, haverá reprise à 1h30. Na terça, 15, exibição às 8h30.

Os episódios poderão ser vistos também no BBC i-player.

Hotsite do documentário: https://www.bbc.co.uk/programmes/n3ct5frg

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

O que você precisa saber para se prevenir da dengue, zika e chikungunya

Os casos prováveis de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti dispararam no Tocantins. O monitoramento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), apontou, em 2019, um aumento de 1.657,7% (3.867) dos casos de dengue, zika e chikungunya em

Defesa do Comércio

Diogo Fernandes lidera Frente Parlamentar em defesa do comércio

A justificativa para criação da Frente reside no fato da população palmense ser dependente dos órgãos públicos, uma vez que a administração governamental é a maior empregadora do município.


Impasse

Defensor Público atende chacareiros envolvidos em conflito agrário que perdura quase 30 anos

Área tem decisão para reintegração de posse, mas moradores alegam que adquiriram as terras e não foram ouvidos pela Justiça


TO-040

Governo vai reconstruir TO-040 entre Dianópolis e divisa com Goiás

A obra faz parte da nova fase do contrato de financiamento para o Estado pelo Banco Mundial, em um montante em torno de R$ 500 milhões, que prevê outras metas e estratégias para o Projeto de Desenvolvimento Integrado e Sustentável (PDRIS) a serem cumprida


Saúde

Governo institui Câmara Setorial para agilizar compra de materiais e remédios na área da Saúde


AL Tocantins

Deputados aprovam projetos do Ministério Público, TJ e Defensoria Pública


Opções no Tocantins

Programe-se: 5 opções para curtir o carnaval no Tocantins


Atuação

Prof. Júnior Geo solicita medidas para a população em virtude da interdição da ponte de Porto Nacional


Palmas

Joseph Madeira toma posse na Acipa e assume compromisso com o fortalecimento da entidade


AL

Deputado Jair Farias destaca projetos de industrialização e geração de empregos como prioridades para desenvolver o Estado



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira