Thursday, 23 de May de 2019

VIVER


Norte do TO

Festival da Manga estimula a geração de renda em Xambioá (TO)

23 Nov 2018    00:12    alterado em 23/11 às 00:12
Festival da Manga estimula a geração de renda em Xambioá (TO)

Comunidades de baixa renda de Xambioá (TO) participaram, de 15 a 22 de novembro, de oficinas voltadas para o empreendedorismo social a partir da fabricação de produtos que têm como base uma das principais riquezas do agronegócio regional: a manga. A fruta dá nome ao Festival da Manga, que é idealizado pelo Conselho Comunitário de Xambioá e realizado com apoio da Votorantim Cimentos, entidades e órgãos públicos municipais.
 
O evento é uma iniciativa que tem como objetivo valorizar a cultura local, por meio da diversificação do aproveitamento da manga, contribuindo para movimentar a economia, fortalecer a culinária nativa, a conservação ambiental e o turismo local. Em sua segunda edição, foram promovidas no Festival várias atividades gratuitas para pessoas interessadas em obter a própria renda com a fabricação de produtos artesanais.
 
No Assentamento Barra do Lontra, 20 mulheres foram capacitadas em oficinas de Produção de Licor, Compota e Sabão de Manga. Outra atividade do Festival foi a Oficina de Doces, Compotas e Geleia, com a participação de 20 profissionais, entre merendeiras, cozinheiros e doceiras. A programação do evento ainda contou com a Oficina Gastronômica à Base de Manga, que beneficiou 50 participantes, entre pessoas da comunidade local, merendeiras e cozinheiros. Já a Oficina de Artesanato com Caroço de Manga contemplou 25 estudantes das escolas públicas.
 
Segundo a conselheira do Conselho Comunitário de Xambioá, Antonia Rita Costa Monteiro, o Festival da Manga já é um evento reconhecido pela população e tem tudo para entrar para o calendário oficial de eventos da cidade. Para ela, além de impulsionar a economia criativa, o Festival contribui para a sustentabilidade ambiental, incentivando o aproveitamento da manga em todas as suas etapas.
 
“Durante o Festival foram feitas doações de mudas e orientações sobre como evitar o desperdício de manga. Mostramos como aproveitar até mesmo as folhas, que serão utilizadas nos figurinos das jovens que irão participar do desfile da Rainha da Manga, marcado para o dia 23 de novembro. É uma atração, inclusive, muito importante para também movimentar a cultura e o turismo local”, ressaltou Antonia.
 
Técnico de Produção da Votorantim Cimentos de Xambioá, Elinon Almeida, destaca que a empresa mantém o apoio ao Festival porque acredita no potencial produtivo das comunidades para contribuir com o desenvolvimento local. “A soma de esforços é muito importante para viabilizar iniciativas que, transformam, de forma concreta e duradoura a vida das pessoas. Por isso, continuaremos apoiando este evento que já cresceu nesta segunda edição e deve se consolidar ainda mais nos próximos anos”, disse.
 
Abaixo, segue uma das receitas ensinadas no Festival da Manga, disponibilizada pelo Conselho Comunitário de Xambioá:
Compota de Manga e Canela
Ingredientes
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de água
4 mangas
1 pau de canela
Canela em pó para polvilhar

Modo de fazer
Misture o açúcar e a água e leve ao fogo baixo até formar um caldo em ponto de fio fino
Enquanto isso descasque as mangas e corte em fatias finas. Quando o caldo estiver no ponto, junte os caroços e as mangas fatiadas, o pau de canela e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos. Retire os caroços e espere o doce esfriar. Sirva polvilhado com canela.

Sobre a Votorantim Cimentos
Fundada em 1933, a Votorantim Cimentos se tornou uma das maiores empresas globais do setor. O portfólio de materiais de construção vai além dos cimentos e inclui concretos, argamassas, agregados e insumos agrícolas. São quase 12 mil empregados e uma receita líquida de R$11,1 bilhões em 2017. As unidades da Votorantim Cimentos estão estrategicamente próximas aos mais importantes mercados consumidores em crescimento e presente em 11 países, além do Brasil: Argentina, Bolívia, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Índia, Marrocos, Peru, Tunísia, Turquia e Uruguai. Se no passado a Votorantim Cimentos tinha orgulho de ter contribuído para o desenvolvimento e industrialização do país, hoje a empresa constrói o futuro com parcerias, inovação e sustentabilidade, sempre focada em seu propósito: a vida é feita para durar.

COMPARTILHE:


Confira também:


Investimento

Em São Paulo, governador Carlesse prospecta investimentos em logística, energia solar e indústrias

Também foi discutida possibilidade de instalação de uma montadora de aviões leves em Gurupi

Sisu

Estudantes podem consultar vagas do Sisu

Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero.


CPI do PreviPalmas

Max Fleury é ouvido na CPI do PreviPalmas

O ex-presidente do PreviPalmas estava no comando quando o instituto fez um investimento na ordem de R$ 30 milhões no Cais Mauá, como também, aplicou R$ 20 milhões no Fundo Tercon.


Fenelon Barbosa

Primeiro prefeito acredita que Palmas será uma das maiores e melhores cidades do Brasil

Ex-prefeito de Palmas conta a história da luta pela criação e construção da mais nova capital do país


Homenageados

Carlesse e vice-governador Wanderlei Barbosa são homenageados em sessão pelos 30 anos de Palmas


Taguatinga

Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável no sudeste do Estado


Mandado de prisão

Condenado por roubo é preso pela Polícia Civil em Palmas


Palmas 30 anos

Em entrevista exclusiva, Siqueira Campos diz que Palmas integrou e fortaleceu a economia do Tocantins


Norte do TO

BRK Ambiental leva teatro sobre preservação para mais de 30 escolas do Bico do Papagaio


FORJEF

I Fórum Interinstitucional dos Juizados Especiais Federais do Tocantins termina com balanço positivo



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira