Monday, 22 de July de 2019

VIVER


Palmas

Ministério Público lança projeto “Cultura MP” com o objetivo de valorizar o movimento do Hip Hop na capital

06 Dec 2018    18:27
Ministério Público lança projeto “Cultura MP” com o objetivo de valorizar o movimento do Hip Hop na capital

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio das 20ª e 21ª Promotorias de Justiça da Capital, lançou nesta terça-feira, 4, o projeto “Cultura MP”. O objetivo da inciativa é fortalecer o movimento de Hip Hop de Palmas, considerando o processo de criminalização que enfrenta, e realizar ações de prevenção e de combate às diversas formas de violência que atingem crianças, adolescentes e jovens, como uso de drogas lícitas e ilícitas, o preconceito, e o suicídio.

O projeto foi pensado a partir de muitos debates que envolveram diversos parceiros, como o Movimento Unidos Por Um Mundo Melhor, a Defensoria Pública do Estado do Tocantins, o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente Glória de Ivone, a Fundação Cultural de Palmas e a Polícia Militar.

Na abertura do evento, o Promotor de Justiça Konrad Cesar Wimmer, titular da 20ª Promotoria de Justiça, destacou que o mote do projeto é conversar e dar oportunidade para que as diversas culturas tenham voz.

A titular da 21ª Promotoria de Justiça, Zenaide Aparecida da Silva, apresentou o projeto ao público e ressaltou que a ação tem o propósito de estabelecer um canal de diálogo a respeito de temas próprios da infância e da adolescência. “Além disso, o Hip Hop é característico das periferias das cidades e por isso os jovens envolvidos que participam sofrem o estigma de estarem envolvidos com a criminalidade e temos que romper com essa ideia”.

Dentre as ações previstas para o projeto estão rodas de conversas, oficinas temáticas, campanhas virtuais e os circuitos culturais de Hip Hop.

Batalha Solidária
A primeira atividade do projeto será a etapa local da Batalha Solidária do Circuito Cultural, que ocorrerá no dia 15 de dezembro, das 17h às 21h, no Ginásio Ayrton Senna, no Jardim Aureny II. Pode participar da ação qualquer pessoa que tenha afinidade com o Hip Hop, sendo maior de idade ou não.

São 16 vagas e as inscrições devem ser feitas entre os dias 5 e 13 de dezembro. Mais detalhes estarão no edital a ser lançado em breve.

Participantes
Participaram do evento o representante da Secretaria de Cidadania e Justiça, Gilberto da Costa; o defensor público Marlon Reis, o presidente da Fundação Cultural de Palmas, Giovanni Assis, o coordenador do Cedeca Glória de Ivone, Aparício José Varanda, e a secretária de educação de Palmas, Juscéia Aparecida Veiga. (Paulo Teodoro)

COMPARTILHE:


Confira também:


Polícia Civil

Operação Walking Dead leva à recuperação de R$ 4,2 milhões em créditos tributários ao Tocantins

Empresa investigada na 2a Fase da Operação procedeu ao parcelamento da dívida pública e terá o inquérito policial suspenso até conclusão do pagamento.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira