Tuesday, 20 de August de 2019

VIVER


Memória

Técnicos da FCT visitam Gurupi

21 Aug 2008

Em Gurupi, a mais importante cidade do Sul do Estado, o imóvel onde funcionou a primeira escola, em meados de 1955, recebeu, durante a última semana, a visita dos técnicos da Fundação Cultural do Tocantins, a arquiteta Valéria Maria Picansso e o historiador Luciano Pereira da Silva.

O processo de tombamento do referido prédio começou no início deste ano, quando, em abril, a presidente da Fundação Cultural de Gurupi, Lucirez Amaral, fez a solicitação junto à Paróquia Santo Antônio, proprietária do imóvel.

De acordo com a presidente, a iniciativa veio da necessidade da preservação do patrimônio municipal, para que as gerações futuras possam retransmitir a história da comunidade gurupiense.

O historiador explicou que primeiramente farão um estudo sobre o histórico do imóvel, para saber como o imóvel foi utilizado, sua data de fundação. “Para sabermos destes dados, vamos buscar documentos nos cartórios, na arquidiocese de Porto Nacional, porque até agora não temos nada em mãos, apenas fomos informados de que aqui funcionava uma sala de aula”, disse.

A arquiteta Valéria Maria contou que a visita tem objetivo de fazer primeiramente um levantamento arquitetônico, histórico, fotográfico, para a partir destes dados montar o dossiê de como o imóvel foi encontrado. Após todo este levantamento, os documentos serão encaminhados à prefeitura municipal, que é quem vai decidir se o bem será tombado ou não.  

O padre Moreira da Paróquia Santo Antônio, disse que é importante o tombamento deste patrimônio porque é a memória viva da história da cidade e principalmente porque ali funcionou a primeira sala de aula. “A igreja foi a primeira a se preocupar com a educação. O valor do tombamento é o reconhecimento do prédio como parte da história do povo e a preservação do bem”, expôs.

Caso o prédio seja tombado, será o primeiro imóvel reconhecido como patrimônio histórico em Gurupi.

É importante lembrar que Gurupi ainda não possui a lei municipal de tombamento.

 

 

Saiba mais

O tombamento é um atributo que garante a continuidade da memória de um povo. Vale dizer que um imóvel tombado não deixa de ser propriedade do dono para se tornar algo público, porém, se o dono da propriedade quiser vender ou fazer alguma adaptação, é necessário autorização, acompanhamento e auxílio técnico do órgão competente.

O tombamento é efetivado por meio de ato administrativo, cuja competência, no Brasil, é atribuída pelo Decreto Nº. 25, de 30 de Novembro de 1937, ao poder executivo. Pode ocorrer em nível federal, feito pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), ou ainda na esfera estadual ou municipal.

COMPARTILHE:


Confira também:


Perspectiva

Índice de confiança do empresário sobe pelo 3º mês seguido

Para o economista da CNI Marcelo Azevedo, a melhora da percepção de das expectativas dos empresários refletem as notícias positivas para a economia.

Operação Tessera

Polícia Civil deflagra “Operação Tessera” em Paraíso do Tocantins

Um dos suspeitos chegou a montar um esquema de entrega direta de drogas aos usuários, através de expediente comumente chamado de “disk-drogas”.



Fotografia

Dia da Fotografia com a TIM: dicas para tirar boas fotos e ofertas em smartphones

Quando o assunto é fotografia, o foco é o mais importante na hora de fazer os cliques. O elemento a ser destacado deve estar claro e bem posicionado.


Festival Gastronômico

Prefeitura lança programação artística do 13º Festival Gastronômico de Taquaruçu

Os pratos serão avaliados por profissionais das áreas de alimentos e bebidas de Palmas para seleção dos vencedores do festival.


AL

Audiência pública homenageia UMA e Siqueira Campos

Ao fim do evento, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Antônio Andrade (PTB), declarou que esta Casa de Leis é parceira da UMA.


Agricultura

Seminário de Apicultura supera expectativa em números de participantes


Futebol

Capital empata com Palmas na abertura do Estadual de Futebol Sub19


Taquaruçu

Governo inaugura Núcleo de Identificação de Taquaruçu e entrega viaturas e armamentos para a Polícia Civil


Sanidade Animal

Adapec reúne mais de 70 médicos veterinários autônomos para debater sanidade animal


EDP

Projeto Aprender e Crescer inicia mais uma etapa em Palmas


PC

Polícia Civil conclui inquérito e indicia suspeito de furtos em Araguaína



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira