Friday, 19 de October de 2018

VIVER


Viver

"Tutano de Boi" substitui métodos que utilizam "Formol" para alisamento de cabelo

28 Mar 2018    23:51
"Tutano de Boi" substitui métodos que utilizam "Formol" para alisamento de cabelo

Queridinha daquelas que desejam reduzir o volume e o frizz das madeixas, a escova progressiva é uns dos procedimentos mais buscados nos salões de beleza por pessoas que desejam alterar a textura dos cabelos.

Mas é preciso cuidado! Desde 2005, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), limitou o uso de formol em produtos estéticos a uma concentração máxima de apenas 0,2%. Essa quantidade não é suficiente para alisar os fios e age apenas como conservante do produto. No entanto, muitos salões driblam a recomendação.

O formol é uma substância extremamente tóxica, alergizante e cancerígena. De acordo com a Anvisa, os riscos do formol para a saúde são decorrentes da inalação da substância, que pode causar desde irritação até câncer nas vias respiratórias superiores.  Isso acontece porque o procedimento de alisamento capilar envolve o aquecimento dos fios através do uso do secador e chapinha que provocam a evaporação do formol.

No meio de inúmeras técnicas modernas para os cabelos, como alisamento, alinhamento capilar, progressiva e químicas em geral, é difícil imaginar que algum profissional sobreviva apenas com tratamentos naturais. Não é o caso para o profissional Marcos Dal Bello. De seus 54 anos, pelo menos 30 foram como profissional da área da estética e também da saúde, ganhando por seus serviços o título de "Dr. Cabelo". Com um hiato na carreira por problemas de saúde, Dal Bello agora volta trazendo um tratamento capilar inovador.

O Dr. Cabelo é o único no Brasil a fazer o tratamento de amaciamento com tutano de boi, natural e sem formol, que não agride os cabelos. Para a confecção do produto final, Marcos compra em média 100 kgs de tutano de boi por mês, transformando, em um processo que dura mais de 12 horas, essa matéria-prima em uma manteiga com todos os nutrientes e proteínas necessários para hidratar o fio e selar a cutícula.

Antes de atender as clientes em seu espaço, localizado na Zona Leste de São Paulo, o cabeleireiro as convida para uma triagem capilar, na qual o cabelo é analisado por um microscópio capaz de aumentar em até 300 vezes o fio. Depois a cliente preenche uma ficha de anaminese, além de uma consulta onde descreve todos os tratamentos que já realizou. 

"Algumas clientes pensam que estão com escamação ou mesmo caspa, já que no inverno são situações comuns devido ao uso de água quente e excesso do uso de secador, quando na verdade estão com fungos no couro capilar e nos fios. Com o tratamento que oferecemos no nosso espaço, já identificamos diversos casos, que posteriormente foram encaminhados para especialistas dermatológicos", afirma o profissional.

Toda a linha de tratamento de alisamento natural que Dal Bello usa é própria, com selo de reconhecimento e certificação pela Anvisa. O processo de alisamento em cabelos compridos dura, em média, duas horas.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

44

PARABÉNS!
PARABÉNS!

50

BOM
BOM

41

AMEI!
AMEI!

46

KKKK
KKKK

48

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

45

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

41

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Cabelos Formol Tutano de Boi

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Panorama

Intenção de consumo registra leve queda em outubro, aponta Fecomércio-TO

A assessora econômica da Fecomércio, Fabiane Cappellesso, explica que esta queda não representa uma preocupação.

Educação

Professor do Tocantins vence Prêmio Professores do Brasil 2018

O objetivo do prêmio é reconhecer e dar visibilidade ao trabalho dos professores das redes públicas que, no exercício da atividade docente, contribuem de forma relevante para a qualidade da Educação Básica no Brasil.



Serviço

Inscrições abertas para o Curso de Supervisão em Serviço Social

Dos 12 módulos, três ocorrerão em Miracema (UFT) e os outros nove em Palmas, nos locais junto às unidade de Ensino (Unip, Unitins, Unopar, Itop) conforme programação disponibilizada no site do conselho.


Sanidade

Tocantins se prepara para vacinação de rebanho contra febre aftosa a partir de 1º de novembro

Após a vacinação, o produtor tem até 10 dias para fazer a declaração em qualquer uma das 139 unidades da Adapec no Estado,


Tocantins

Ligados: projeto itinerante da Energisa está ouvindo a população

Ação já atendeu cerca de 300 clientes atendidos e substituiu 900 lâmpadas comuns por LED


Tocantins

Visando concorrência legal Metrologia Estadual verifica taxímetros em Palmas


Sermão aos Peixes

PF apura desvios na área da saúde


Segurança

Forças de segurança do Tocantins recebem a visita do ministro Raul Jungmann em Palmas


Economia

Estimativa do PIB Industrial do Tocantins aponta leve recuperação em 2017


Meio Ambiente

População de Palmas gasta o dobro de água recomendado pela ONU


Saúde

Saúde investe em medicamentos de alto custo para tratamento de pacientes do Tocantins



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira