Monday, 17 de June de 2019

VIVER


Palmas

UFT oferta disciplina sobre sofrimento mental na universidade

01 Apr 2019    15:31    alterado em 01/04 às 15:31
UFT oferta disciplina sobre sofrimento mental na universidade

Com o objetivo de construir laços de cooperação e solidariedade ao abordar a saúde mental dos estudantes, a Universidade Federal do Tocantins (UFT), começa a ofertar, a partir de 10 de abril, a disciplina “Prazer e Sofrimento na Universidade”. A disciplina, que é optativa, será oferecida, neste semestre inicial, aos alunos dos cursos de Jornalismo e de Administração. Serão ministradas 18 aulas, sendo 14 presenciais e quatro na modalidade de Ensino à Distância (EaD).

Foram disponibilizadas 30 vagas pela Matrícula Web – e a procura já excede o número da oferta. A ideia, no entanto, é estender a oportunidade para outros cursos da UFT. “Acredito que iremos caminhar para ser uma disciplina intercursos de apoio aos discentes, que terão um espaço de fala e escuta para as suas dores”, revela a professora Liliam Deisy Ghizoni, responsável pela disciplina.
Entre o prazer e o sofrimento

Sofrimento psíquico é algo que pode atingir de alunos ingressos a formandos no decorrer da graduação. Da felicidade em se adentrar esta nova fase da vida – em que os anseios profissionais se acentuam - à pressão pelas demandas das disciplinas e os questionamentos pessoais que surgem ao longo dos semestres, a saúde mental dos estudantes vê-se, muitas vezes, oscilante, à deriva. Segundo uma pesquisa divulgada em 2018, pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), 80% dos universitários já foram afetados por transtornos emocionais.

Visando ser um espaço de acolhida, a disciplina “Prazer e Sofrimento na Universidade” quer-se um ambiente de fala e escuta das narrativas de prazer e sofrimento vivenciadas pelos estudantes durante o convívio universitário. “Esperamos atender a demanda de cuidar dos discentes nas questões que envolvam o binômio prazer-sofrimento na academia”, enfatiza a professora.

E, na prática, como isso ocorrerá? “Vamos trabalhar, num primeiro momento, para fazer as escutas destas demandas e, no segundo, para elaborar projetos de ação que promovam uma rede de apoio permanente", esclarece Liliam.

COMPARTILHE:


Confira também:


Agro

Cerrado do Tocantins produz uvas mais doces que outras regiões do Sul do país

No clima do cerrado é possível realizar até duas safras ao ano de parreira

Saúde

Hospital e Maternidade Dona Regina celebra 20 anos

Unidade é a única referência em alta complexidade para atender partos em toda a macrorregião de saúde centro sul do Tocantins



Temporada

8 dicas do Corpo de Bombeiros para curtir a temporada de praias com segurança

Orientações servem para reduzir os riscos de acidentes durante a alta temporada


Campo

Recebimento itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos chega a mais quatro municípios do Tocantins

As centrais de recebimento em parceria com a Adapec estão com um cronograma de ação que, além desses quatro municípios, abrangerão mais 10 em diferentes regiões do Estado.


Tocantins

Pais fazem campanha de doação de sangue para ajudar outras famílias após morte do filho

Além da campanha de doação de sangue, os pais vão arrecadar alimentos e roupas durante 66 dias, tempo em que Felipe ficou vivo após nascer prematuro.


Six Sigma

Manifesto Híbrido de Metodologias de Gestão é definido no Brasil


Violência

Homem é preso pela Polícia Civil após tentar matar o ex-cunhado em Taguatinga


Brasil

Grupo Boticário e Unilever se unem por diversidade e equidade de gênero


Turismo

Palmas conta com uma variedade de Palmas urbanas


Economia

Receita paga hoje as restituições do 1º lote do Imposto de Renda


416 Vagas

Unitins lança edital de transferência externa com 416 vagas



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira