Palmas, 29/05/2017

Opini√£o

Opini√£o

O populismo no mundo da era digital

  • Victoria Angelo Bacon, secret√°ria Executiva da Universidade Federal de Rond√īnia. Comunicadora Social. e-mail: victoriabacon@unir.br
O populismo no mundo da era digital


        A chegada de Mariel Le Pen no p√°reo das elei√ß√Ķes francesas mostra  um poss√≠vel descontentamento √†s pol√≠ticas socialistas na Fran√ßa. Encontraram um "cara" √† altura a dar as respostas necess√°rias ao populismo exacerbado no Mundo?

        Se o quadro econ√īmico e social n√£o mudar caso Macri se torne o presidente, Le Pen se consolida a √ļnica lideran√ßa que tem a juventude francesa em massa a apoiando. Uma juventude que est√° estagnada com a deprecia√ß√£o da economia e do emprego na Fran√ßa o maior da hist√≥ria no p√≥s-guerra. A identidade, a ser defendido de um lado autorit√°rio, representado por Le Pen, atrav√©s do isolacionismo e de outro representado pro Macri, uma falta de respostas aos anseios da economia francesa; uma esp√©cie de salvador da p√°tria de um momento crucial do crescimento da extrema direita na Europa e no Mundo.

         A crise de representativa de √© n√≠tida, por√©m, leva-nos a afirmar que estamos conseguindo a resistir. No Brasil n√£o √© diferente. Creio que n√£o devemos subestimar isso que est√° acontecendo com a digitaliza√ß√£o e com a internet, "o populismo e o extremismo pol√≠tico vivem um momento de ascens√£o nas democracias ocidentais", palavras da chanceler alem√£o, Angela Merkel.

        Atualmente h√° muita gente que consulta m√≠dias baseadas em regras bem diferentes dos crit√©rios jornal√≠sticos em vigor at√© pouco tempo atr√°s. N√£o digo que essas s√£o as √ļnicas raz√Ķes [para o aumento do populismo], mas gostaria de salientar que a maneira pela qual se forma opini√£o hoje em dia acontece de forma diferente do que h√° 25 anos.

        Como encontrar lideran√ßas pol√≠ticas capazes de direcionar com um Mundo Virtual com ritmo t√£o anal√≥gico? Os pol√≠ticos t√™m dificuldade extrema em se comunicar com diferentes p√ļblicos. Trump utiliza as Redes Sociais, por√©m consegue s√≥ atingir a seu eleitorado causando uma esp√©cie de frenesi quando se publica algo. A arena de polariza√ß√£o nas redes sociais √© evidente. Cada grupo fala para si utilizando e defendendo aquilo que lhe √© pertinente.

        A l√≥gica do populismo utiliza hoje as Redes Sociais pela massa que ela atinge em t√£o grande velocidade. O ambiente virtual causa um afastamento em conhecer a pol√≠tica, principalmente pela massa de jovens que utilizam as m√≠dias. De Gaulle e Mitterrand na Fran√ßa, conseguiram liderar as necessidades da popula√ß√£o. Macro conseguir√°? E quanto a Le Pen? Esse ambiente virtual impede o surgimento de novas lideran√ßas? O que seria de Winston Churchill se tivesse a seu bel prazer as Redes Sociais em plena Segunda Guerra? As Redes Sociais n√£o s√≥ se restringe a computadores. Hoje ela cabe no bolso de 3,8 bilh√Ķes de pessoas em todo o planeta. Jo√£o D√≥ria em S√£o Paulo, um desconhecido nos mares da pol√≠tica, tornou-se uma lideran√ßa nacional sem a necessidade de deslocar-se a outras regi√Ķes do Brasil. Teremos um populismo sendo tend√™ncia Mundial?

         Os desdobramentos da Venezuela, pro exemplo, ocasionados com a necessidade do populismo na decida de 90, gerou um caos sem precedentes. Macri e Le Pen representam esse populismo na era digital. Hillary e Trump, por exemplo, enquanto uma tinha um discurso de l√≠der articulado, o outro levou a Casa Branca atacando a rival nas Redes Sociais. A busca de refer√™ncias passar√° pelo Mundo Digital? Uma coisa √© certa, n√£o se isola nenhuma Na√ß√£o na Era Digital.


Coment√°rios

comments powered by Disqus