Palmas, 12/12/2017

Viver

Consciência Negra

Reflexão e homenagens sobre a Consciência Negra na AASJN

  • Alunos e convidados se emocionaram ao ouvir poesias e assistir apresentações de dança, capoeira e música sobre respeito e tolerância aos negros

Reflexão e homenagens sobre a Consciência Negra na AASJN



Ascom AASJN - Íris Silva

Palmas Tocantins, 20 de novembro de 2017: Um dia de reflexão sobre a Consciência Negra e homenagens a uma das populações mais discriminadas no País, foi assim que o Ponto de Cultura Arte-Fato Centro de Criatividade realizou a Noite Cultural sob o Tema Consciência Negra. Alunos e convidados se emocionaram ao ouvir poesias e assistir apresentações de dança, capoeira e música sobre respeito e tolerância aos negros.

Teve ainda homenagens em forma de desenho, destacando a monocrômica das cores, onde a cor negra foi o destaque.

A história da capoeira também foi contada esclarecendo o seu significado e os diferentes toques.

O evento cultural gratuito realizado pela Associação ação Social Jesus de Nazaré, por meio do Ponto de Cultura Arte-Fato, ocorreu no sábado, 18 de novembro, e contou com a participação do presidente do Conselho Municipal de Cultura de Palmas, Renato da Silva Moura, alunos, pais, colaboradores do Arte-Fato e demais convidados.

Já a Escola João Paulo II – Conveniada, que durante o mês trabalhou a temática, no momento cívico desta segunda-feira, 20, relembrou os desafios e conquistas dos negros e a influência na cultura afro-brasileira.

O mapa da violência contra negros e negras

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública – FBSP publicou dia 19 de novembro, o Mapa da violência contra negros e negras no País, um índice que chama atenção dessa triste realidade.

Dentre alguns dados publicados estão que Mulheres negras representam 65% das vítimas de homicídio do sexo feminino; 44% das mulheres negras sofrem assédio no espaço público; A cada 100 vitimas de homicídio 71 são negras; Dos policiais vitimas de homicídios entre 2015 e 2016, 56% são negros; Das vitimas nas intervenções policiais realizadas entre 2015 e 2016, 76% são negros. A pesquisa completa está disponível em: http://www.forumseguranca.org.br/publicacoes/retrato-da-violencia-contra-negros-e-negras-no-brasil/

Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra no Brasil é comemorado no dia 20 de novembro, dia em que a população tem a oportunidade de refletir e homenagear os negros que foram tão injustiçados no País.

Data que marca o dia da morte de Zumbi dos Palmares, o último líder do Quilombo dos Palmares e o maior representante dos Quilombos da época colonial. Os Quilombos, semelhantes ao que chamamos de comunidades na atualidade, eram onde os escravos que conseguiam fugir de fazendas, prisões ou Senzalas e se abrigavam.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus